ESTAMOS
DE VOLTA!

Depois de uma edição cancelada, em 2021 o FATAL promove mais uma festa do Teatro Académico.

Uma festa em muito diferente, é certo, pensada exclusivamente para o ambiente digital. Este ano invertemos os papéis e é o público quem nos recebe em sua casa.

O mais importante está assegurado: a apresentação online de espetáculos de qualidade, apenas possível graças à dedicação dos grupos de Teatro Académico, que continuam a desenvolver o seu trabalho de uma forma regular, apesar das condicionantes impostas pela situação que todos vivemos.

Além dos espetáculos, o FATAL - Outras Cenas oferece um programa interdisciplinar de oficinas, com o objetivo fomentar a formação artística, dotando todos os interessados de ferramentas que lhes permitam desenvolver a sua atividade teatral de forma mais consistente.

Honrando o compromisso com o seu público e participantes, o FATAL continua a ser um espaço de diálogo e reflexão. Nesta edição especial apresentamos um conjunto de tertúlias, sobre temas atuais e de grande interesse, tanto para a comunidade académica, como para o público em geral.

Com a certeza de que nos voltaremos a encontrar em palcos e plateias, despedimo-nos com um até já e um caloroso abraço!

 

ESPE
TÁCULOS

streaming
Em streaming
Quebra
SEG 10 MAI 18:00

QUEBRA


27mins 49 segs
No Common Language
SEG 10 MAI 19:00

No Common Language


1h
Cântico Negro
TER 11 MAI 19:00

Cântico Negro


45 min
Viver a Máscara
QUA 12 MAI 19:00

Viver a Máscara


23 min
Pelo menos hoje
QUI 13 MAI 19:00

Pelo menos hoje


70 min
9 personagens à janela
SEX 14 MAI 18:00

9 personagens à janela


60 mins
Só
SEX 14 MAI 20:00
streaming


45 min
Dia de Ação de Graças
SÁB 15 MAI 19:00

DIA DE AÇÃO DE GRACAS


40 min
Rockaby
SEG 17 MAI 20:00

Rockaby


75 min
4 Ionescos
TER 18 MAI 20:00
streaming

4 Ionescos


60-75 mins
Vanitas
QUA 19 MAI 19:00

Vanitas


20 min 06

OFI
CINAS

As oficinas são gratuitas, sendo a sua frequência limitada às vagas disponíveis.

As candidaturas são feitas através de formulário, até às 00h00 dia 8 de maio. As vagas serão atribuídas por ordem de inscrição e os resultados comunicados por email no dia 8 de maio.

SÁB
15
MAIO
14:30

Oficina de Voz

DO CULTURAL AO CONTEXTO ARTÍSTICO

Helena Reis

2h | 20 participantes

10

19
MAI
15:00

Oficina de Dramaturgia

DRAMATURGIA

Pedro Marques

15h | 10 participantes

10

19
MAI
10:00

Oficina de Fotografia

Fotografia de espetáculo digital

MEF

15 horas | 20 participantes

TER
11
MAIO
10:00

Oficina de Escrita para Teatro

Interromper o Real

Rui Pina Coelho

3 horas | 20 participantes

15
MAI

18
MAI
10:00

Oficina de Cenografia

Práticas de Cenografia

Marta Carreiras

4h | 20 participantes

14
MAI

17
MAI
18:30

Oficina de Vídeo

Vídeo no teatro e nas artes performativas

Pedro Senna Nunes

5h | 20 vagas

TER
TÚLIAS

Cultura, Universidade e Cidade


11 de maio | 18h00

A Universidade enquanto criadora de conhecimento é também um polo disseminador e impulsionador de cultura e criatividade, contribuindo em larga escala para a valorização e crescimento intelectual de cada estudante.

Teatro Académico como intervenção Cívica


12 de maio | 18h00

Em contexto académico são comuns iniciativas de participação e mobilização da comunidade estudantil, para temáticas como os direitos humanos, sustentabilidade e ambiente, questões de género e de raça. Fazer parte de um grupo de Teatro Académico pode fazer a diferença no dia a dia dos estudantes, influenciando diretamente a dinâmica da academia.
Como pode o teatro, e em especial o Teatro Académico, intervir direta ou indiretamente na sociedade civil?

Encontros Ibéricos de Teatro Universitário


13 de maio | 18h00

Contactar com os grupos de teatro académico permite-nos conhecer as suas diferentes realidades e desafios. O teatro académico é por natureza um lugar de manifesto, de desenvolvimento pessoal e colectivo, que cresce através da partilha de experiências e de todo o trabalho realizado pelos seus intervenientes. Mas, a importância destes colectivos vai muito além da academia. A participação de grupos de teatro académico em eventos, nacionais ou internacionais, é, ou pode ser, motor de actividade cultural e social nos locais onde eles ocorrem.

A Consciência do Corpo | Do Palco para a Vida


17 de maio | 18h00

A conversa que propomos, parte da nossa experiência, ao longo dos anos, do trabalho do corpo. Um corpo performativo, criativo, presente, em constante aprendizagem e mudança. A nossa proposta, aberta ao público, pretende reflectir em conjunto acerca das possibilidades, diríamos infinitas, que os nossos corpos têm.

O que fica do Teatro Académico?


18 de maio | 18h00

A função principal de um arquivo é manter a memória viva. Um arquivo implica um espaço físico com condições de preservação de diferentes materiais. Documentos, figurinos e cenários são apenas alguns dos elementos de que vive a prática teatral. Em 2019, no âmbito da 20.ª edição do FATAL, durante uma tertúlia sobre este tema, foram lançadas algumas questões:
- Como preservam, ou não, os grupos de Teatro Académico o seu espólio?
- Estará a memória do Teatro Académico comprometida?

GRU
POS

ARTEC
ARTEC

Grupo de Teatro da Faculdade de Letras de Lisboa

Catarse
Catarse

Grupo de Teatro AEFML

CITAC
CITAC

Círculo de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra

GEFAC
GEFAC

Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra

GrETUA
GrETUA

Grupo Experimental de Teatro da Universidade de Aveiro

Grupo de Teatro Miguel Torga
Grupo de Teatro Miguel Torga

NOVA Medical School

GTFUL
GTFUL

Grupo de Teatro de Funcionários da Universidade de Lisboa

GTL
GTL

Grupo de Teatro de Letras

GTN
GTN

Grupo de Teatro da Nova

mISCuTEm
mISCuTEm

Grupo de Teatro da AEISCTE

mISCuTEm
NNT

Novo Núcleo Teatro

PET Évora
PET

Licenciatura de Teatro da Escola de Artes da Universidade de Évora

Teatro Politécnico
Teatro Politécnico

Grupo de Teatro do Politécnico de Setúbal

Teatr'UBI
Teatr'UBI

Grupo de Teatro da Universidade da Beira Interior

TEUC
TEUC

Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra

Tubo de Ensaios
Tubo de Ensaios

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

TUP
TUP

Teatro Universitário do Porto

TUP
TUT

Teatro Académico da ULisboa

TUP
ULTIMACTO

Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa

MEF

O Movimento de Expressão Fotográfica (MEF) é uma Associação de Fotografia que trabalha há cerca de 20 anos na área da imagem, pretendendo promover o gosto pela mesma junto do grande público.

Nas suas atividades formativas, procuram criar condições para que, num contexto de criação, se estabeleçam diálogos, se gere pensamento crítico, e haja uma partilha construtiva de experiências fotográficas.

Se olharmos atentamente para imagens de espectáculo, observamos o efémero, e a fotografia teima em contrariar essa tendência. Um espectáculo de palco tem o seu fim anunciado, mas através do registo fotográfico o mesmo perdura, lutando contra esse destino previamente traçado. É deste momento eternizado que a fotografia de espectáculo se alimenta. Através do registo do diálogo, estabelecido com as personagens da fotografia, é possível a construção da imagem de um espectáculo próprio.

A parceria entre o FATAL e o MEF surge em 2009, após um convite da Reitoria da Universidade de Lisboa para a realização de um Workshop de Fotografia de Teatro, que incluía a cobertura fotográfica completa do FATAL. O MEF aceitou prontamente o desafio, encarando-o como uma oportunidade excelente para fotografar teatro, na sua dimensão de percepcionar o olhar do fotógrafo materializado no encontro de luzes e expressões.

As imagens que se seguem são resultado desta parceria que, de ano para ano, se fortalece. Sem o MEF o FATAL não seria a mesma coisa.

Honoris Causa

A Universidade de Lisboa, sob proposta da Faculdade de Letras, vai atribuir o grau de Doutor Honoris Causa a Jorge Silva Melo e Luis Miguel Cintra.

18 maio 2021 | 11H00
saber mais

PATROCÍNIOS:

Câmara Municipal de Lisboa
Caixa Geral de Depósitos

PARCEIROS:

Fundação Calouste Gulbenkian
Movimento de Expressão Fotográfica
Faculdade de Letras
Centro de Estudos de Teatro