Vídeo no teatro e nas artes performativas
Oficina de Vídeo

Vídeo no teatro e nas artes performativas


14 e 17 MAIO | 18H30

5 horas | 20 participantes | gratuito

Oficina dedicada à reflexão das imagens em movimento (vídeo) com o teatro e as artes performativas.

Aborda as necessidades do registo em vídeo de uma peça teatral para arquivo, a importância dos materiais promocionais, o cinema documental no teatro, bem como o uso do vídeo como elemento cênico em espectáculos, sem esquecer o potencial do vídeo-teatro.

As sessões visam a exploração de temas menos divulgados, na formação destas áreas, destacando-se como um espaço de reflexão e partilha de ideias. Será feita a visualização, análise e discussão de alguns exemplos, com diferentes abordagens, concepção e técnicas, incentivando os participantes a gerar um ponto de vista pessoal sobre estes assuntos.

Será feito um enquadramento e mapeamento de técnicas e tecnologias para a produção de vídeos. Identificação, importância e utilização do som e da luz nos registos.

A oficina abordará questões como a percepção do espaço, corpo, imagem e movimento. Para todos os que estejam motivados para reflectir e planear um possível projecto prático, como vídeo criadores.

No intervalo de dias entre as sessões da oficina os participantes irão realizar um exercício simples, através dos equipamentos individuais, através da aplicação dos conceitos propostos.

INSCREVER

Formador

PEDRO SENNA NUNES

Pedro Sena Nunes nasceu em Lisboa em 1968. Terminou o Curso de Cinema em 1992 na Escola Superior Teatro e Cinema. Viajante e quatro vezes pai, realizador, produtor, fotógrafo, consultor artístico de projectos multidisciplinares e professor há 26 anos em diversas escolas de cinema e artes performativas, lecciona especialmente na área de realização e processos criativos. Foi Director Criativo da escola ETIC, onde ainda assume a coordenação pedagógica. Divide com a coreógrafa Ana Rita Barata a Co-Direcção Artística da Associação VoArte, coordena vários projectos de formação com artistas emergentes e é responsável por alguns Festivais Interdisciplinares de Dança e Cinema: Festival InShadow, Festival InArt, Encontros de Cinema de Viana, Festival Documentário de Melgaço.

Co-fundou a Companhia Teatro Meridional, na qual foi responsável pela área cinema. Realizou numerosos documentários (destaque para o projecto Microcosmos, estão terminados 6 de uma série de 13 documentários sobre diversas províncias portuguesas), ficções e trabalhos experimentais em cinema e vídeo. Produziu mais de 100 spots publicitários para a televisão e rádio. Tem realizado vídeo-dança com diferentes coreógrafos.

Participou com diversos projectos nas Capitais Europeias e Nacionais da Cultura com propostas de criação na área do cinema/vídeo. Foi júri no Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) e Prémio Jovens Criadores, bem como em vários festivais e concursos. Foi premiado múltiplas vezes e é doutorando e investigador em artes performativas e imagem em movimento na Universidade de Lisboa.

Site: voarte.com