TEUC

Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra


O TEUC estreou-se pela primeira vez publicamente a 27 de Julho de 1938 chamado ainda de “Grupo Cénico da Secção de Fado Académico de Coimbra”, numa noite vicentina que compreendia a “Farsa de Inês Pereira”, o quadro “Todo o Mundo e Ninguém” do “Auto da Lusitânia”, o quadro “Os Quatro Irmãos” da “Farsa do Juiz da Beira” e a “Súplica de Cananeia”, com encenação do Professor Paulo Quintela.

A partir deste ponto do seu percurso o TEUC tem vindo a ser caracterizado pelo experimentalismo e aposta em propostas diferentes, e 83 Anos após o seu nascimento, o Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra, mantém-se ativo, a produzir espetáculos que procuram chegar à comunidade e a presentear formação teatral tanto à comunidade universitária como ao público em geral, é uma escola de atores, encenadores, formadores, diretores, cenógrafos, figurinistas, técnicos de luz e som.

espetáculo "Pelo menos hoje"