Oficina de Cenografia - Práticas de Cenografia
Oficina de Cenografia

Práticas de Cenografia


15 e 18 MAIO | 10H00

4 horas | 20 participantes | gratuito

Oficina teórico-prática, onde será feita uma incursão sobre a disciplina da cenografia, enquanto prática artística de construção de espectáculos.

Mais do que elencar as suas funções técnicas e pictóricas, pretende-se questionar a função da cenografia na relação com a encenação e com a dramaturgia, num contexto de teatro universitário. Pretende-se ainda que este laboratório responda a questões da prática dos participantes e se desenvolva como ferramenta para futuros trabalhos dos mesmos.

VAGAS PREENCHIDAS

Formador

MARTA CARREIRAS

Marta Carreiras nasce em Lisboa, em 1975, e forma-se em estudos artísticos na António Arroio. Licencia-se em Design de Cena pela Escola Superior de Teatro e Cinema e, posteriormente, completa uma pós graduação em Estudos Teatrais na Faculdade de Letras da ULisboa. De momento,encontra-se a fazer um Doutoramento em Estudos de Teatro, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia.
Profissionalmente, estreia-se como Cenógrafa e Figurinista, em 1997, com o Teatro Meridional, com quem desenvolve uma relação artística de colaboração assídua que dura até hoje.
Ao longo de 24 anos, assina mais de 100 criações plásticas, tendo trabalhado com diversas companhias de teatro, dança, música e multidisciplinares, com criadores como: Carlos do Rosário, Ana Nave, António Feio, Pedro Sena Nunes, Ana Rita Barata, Fernando Mota, Rui Rebelo, A Truta, Maria João Luís, Núria Mencia, José Peixoto, Madalena Wallenstein, Sofia de Portugal, Marina Nabais, Sara Belo, Nuno Pino Custódio, Madalena Vitorino, Romeu Costa, Mónica Garnel, Bruno Cochat, Natália Luiza e Miguel Seabra, Maria Rueff, Diogo Infante e Sara de Castro.
Entre 2012 e 2016, faz parte da direção da Associação Portuguesa de Cenografia e foi Curadora da Representação Oficial Portuguesa na Quadrienal de Praga em 2015, juntamente com José Manuel Castanheira e Rui Francisco.
Manteve sempre a prática lectiva das disciplina de Cenografia e Figurinos, em diversas Universidades como Faculdade de Évora (Curso de licenciatura) e ESAD.CR (Mestrado).
Em 2017, assina a encenação do espetáculo “Pedro e o Capitão” juntamente com o criador Romeu Costa.